Início   /   Notícias

  • 13 de Setembro de 2017

    cimento queimado

    Deixe sua casa mais moderna com cimento queimado

    O cimento queimado está em alta, invadindo diversos espaços e se tornando o queridinho de arquitetos e decoradores. Essa tendência tem ganhado destaque principalmente nas decorações em estilo industrial.

    Prático, fácil de limpar, econômico e durável, o piso de cimento queimado tem sido a escolha para quem busca conforto e beleza, seja em ambientes comerciais ou residenciais.

    O que é o cimento queimado e como ele é feito?

    Apesar do nome, o processo não leva fogo. O cimento queimado, na verdade, é feito a partir de uma argamassa produzida com cimento, água e areia, podendo receber aditivos que visam melhorar a sua aderência e evitar rachaduras.

    A argamassa é produzida no local onde será aplicada, geralmente sendo colocada sobre uma superfície aderente ou o contrapiso ainda molhado. É nesse momento que ela recebe o pó de cimento e começa a ser alisada — e é esse processo de alisar o piso que é chamado de “queima do cimento”.

    Todo o procedimento é bastante técnico e exige profissionais qualificados para que o resultado fique esteticamente atraente e seja capaz de durar, sem sofrer com rachaduras mais profundas. Nesse tipo de preparo, o piso de cimento queimado ficará sem brilho. Para que ele ganhe o brilho característico, é preciso manter o piso úmido até a cura do concreto, alisá-lo muito bem e usar a argamassa de maneira correta, evitando manchas e misturas pouco uniformes.

    Por que usar?

    Apesar do processo exigir mão de obra qualificada e alguns cuidados, depois de pronto o piso de cimento queimado é altamente durável e capaz de garantir um diferencial estético para a sua casa. Ambientes contemporâneos podem ficar ainda mais sofisticados com esse tipo de piso, garantindo praticidade nos cuidados diários, frescor e um toque de rusticidade.

    Além disso, o piso de cimento queimado é amigo do meio ambiente, não risca com facilidade, se adapta a diversos ambientes e apresenta um bom custo-benefício quando comparado com opções tradicionais de revestimento, como pisos e porcelanatos.

    Onde e como usar?

    O cimento queimado pode ser aplicado em vários ambientes, como sala de estar, cozinha e até banheiro. Porém, nesse último caso é preciso cuidado, já que ele não é recomendado para a área do box (e outras partes úmidas da sua casa), porque pode se tornar escorregadio quando molhado. Um dos principais usos do cimento queimado é em decorações com estilos urbanos e industriais, combinando com elementos como canos à mostra e paredes de tijolinhos aparentes, por exemplo.

    Apesar disso, esse tipo de piso pode combinar com vários estilos decorativos, como ambientes rústicos ou modernos, dando muito mais sofisticação aos espaços. O único cuidado é pensar na paleta de cores do ambiente, pois a monocromia pode deixar o espaço rígido e sem vida. Também é preciso ficar atento aos locais de clima mais frio; nesses casos, o melhor é mesclar o cimento queimado com outros materiais, como madeira, e usar tapetes para aquecer e trazer mais aconchego.

    Gostou? Acompanhe nosso Facebook e Instagram para ficar por dentro das nossas notícias!

    Postado em: Arquitetura